agronegocio

16/05/2018 09:50

Técnica faz areia do deserto virar terra fértil

O pesquisador norueguês Kristian Morten Olesen está desenvolvendo uma tecnologia que será capaz de transformar a areia do deserto em terra fértil. O projeto, intitulado Liquid Nanoclay, ou Nanoargila Líquida em português, está sendo desenvolvido desde 2005 com objetivo de acabar com os alto custo e consumo de água que são os dois maiores empecilhos para os agricultores do deserto.

A nanorgila líquida não usa nenhum produto químico na sua composição e permite que um solo arenoso se torne produtivo em apenas sete horas. Olsen explica que uma das características da areia é a baixa capacidade de reter líquidos, sendo assim, a nova tecnologia pretende corrigir este problema. "O tratamento recobre as partículas de areia com argila e muda completamente suas propriedades físicas, permitindo que a areia retenha a água", declara ele.

Os testes já estão em fase avançada nos Emirados Árabes Unidos. Em Al Ain, uma região que chega a 50º C no verão, a tecnologia foi usada em lavouras de berinjela, quiabo e tomates. O agricultor Faisal Mohammed Al Shimmari, dono das terras onde o projeto está sendo testado, alerta para o alto custo de produzir alimentos na região e comemora os resultados positivos da pesquisa. "Estou surpreso em ver o sucesso da empreitada. A técnica reduziu o consumo de água e mais de 50%, o que significa que posso duplicar a área verde com a mesma quantidade de água", afirma.

Para que o sistema funcione adequadamente e de forma longeva é preciso fazer uma manutenção a cada quatro ou cinco anos. O único ponto negativo ainda é o preço, um hectare tratado com a nanoargila pode custar de R$ 6 mil a R$ 33 mil. De acordo com Olsen, o plano é vender a tecnologia primeiramente para os governos regionais até conseguir baratear os custos para os demais clientes.


Copyright © 2017  Notícias de Hoje -  Telefone: (65) 3358-5258 - Todos os direitos reservados.