Artigos

02/05/2018 18:00

Ordem e Progresso

*Por Elvis Klauk Jr.

Essas duas palavras estampadas em nossa bandeira infelizmente estão vazias de significado em nosso país. Pena, já que não é possível viver o estado democrático de direito se não houver ordem, obediência e cumprimento às leis e regras de comportamento social. Uma nação forte precisa de leis claras e sanção adequada para os criminosos comuns e autoridades que ignoram a supremacia da probidade. Ordem se faz com segurança jurídica, seja para o setor público ou privado.

Não podemos confundir liberdade com libertinagem e na maioria das vezes é o que vemos acontecer no Brasil. Discursos extremistas, tanto da esquerda progressista quanto da direita neoliberal não agregam. Pelo contrário, aumentam a desordem, o subdesenvolvimento humano e à descrença total na política.

Precisamos parar de pensar em lados e começar a repensar o futuro do Brasil, de Mato Grosso. Às eleições estão chegando e temos que buscar equilíbrio. Educação, bandeira audaz, sozinha não resolve, bem como as forças de segurança pública não são capazes de eliminar a criminalidade sem o envolvimento de todos nós.

O caminho para o progresso está na união de forças: educar para eliminar a necessidade de novos presídios e ritos. Punir, sempre que necessário, para que as leis tenham sentido e significado a fim de inibir as práticas vis. Olhar o outro como irmão e dar às mãos rumo ao progresso talvez seja o primeiro passo em direção ao desenvolvimento social e econômico.

Ordem e Progresso devem andar de mãos dadas. Um cenário ideal vislumbra oportunidades para o setor econômico afim da geração empregos e renda e, o que elimina a miséria e equilibra o cenário social. Trabalho traz dignidade, mas para que exista e sobreviva é preciso qualificação da mão de obra. Infraestrutura, saúde pública e educação eficiente simbolizam progresso. Cuidar das pessoas, oferecendo saúde, educação, moradia, emprego e lazer deve ser palavra de Ordem para qualquer representante público, principalmente gestores!

Se quisermos de fato fazer valer nossa bandeira nacional devemos dar significado às suas cores e símbolos. Para isso precisamos de representantes comprometidos com o social nos três poderes: executivo, legislativo e judiciário. Mais que isso, precisamos de cidadãos comprometidos consigo mesmos. Precisamos de gente digna, honesta, estudiosa, trabalhadora, feliz e sem rancor.

Precisamos de brasileiros com autoestima resgatada, coração abertos e dispostos a levantar este país, estejam em que estado da federação estiverem. Um povo forte vive as benesses que a ordem e o progresso proporcionam.

 


Copyright © 2017  Notícias de Hoje -  Telefone: (65) 3358-5258 - Todos os direitos reservados.