Cidades

20/03/2018 07:50

Sesp intensifica ações de segurança em Chapada dos Guimarães

Dando continuidade ao atendimento das reivindicações apresentadas por moradores de Chapada dos Guimarães, representantes da comissão do município foram recebidos pelo secretário de Estado de Segurança Pública, Gustavo Garcia nesta segunda-feira (19.03). Foi a terceira reunião realizada este ano, com o objetivo de debater ações voltadas à redução dos casos de roubos e furtos na cidade, e já apresentou avanços significativos.

O policiamento ostensivo da Polícia Militar, por exemplo, foi intensificado, fato reconhecido pelos integrantes da Comissão Amigos da Cidade Melhor. Segundo o comandante-geral da PM, coronel Marcos Vieira da Cunha, a parceria com a sociedade é fundamental para o sucesso das operações. “As coisas são melhor resolvidas em conjunto, e a população de Chapada pode contar conosco”.

Os representantes também cobram mais investigadores da Polícia Judiciária Civil atuando no município, para mais agilidade na resolução dos casos. O delegado regional de Cuiabá, Cley Celestino Batista, afirmou que uma equipe já fez visita técnica para levantar a situação e tomar providências. “Quanto ao efetivo, é algo que está sendo analisado porque será necessária uma realocação e isso precisa ser feito com muito estudo e responsabilidade para não descobrir outra localidade”.

O trabalho repressivo é o que apresenta resultados mais imediatos e visíveis, enquanto a ação preventiva ocorre de forma silenciosa e planejada, conforme esclareceu o secretário Gustavo Garcia. “Sabemos que a população anseia por respostas rápidas, mas toda a investigação tem seu tempo próprio para apresentar resultados, e a nossa inteligência está trabalhando constantemente nisso, para concretizar uma força-tarefa”, garantiu o secretário. 

A prefeita de Chapada dos Guimarães, Thelma de Oliveira, frisou que a organização dos moradores foi necessária, diante do aumento das queixas com relação aos casos de roubos e furtos. “Queremos a permanências dessas ações que estão sendo feitas, pois a população nos cobra”. O representante da Comissão – segmento sociedade civil, João Roberto de Proença, endossou. “Nós precisamos dar uma resposta e vamos continuar cobrando soluções eficazes”.

Rondas turísticas

Outras demandas que os moradores apontaram são em relação aos arrastões em pontos turísticos e a necessidade de patrulhamento em áreas comerciais. Presente na reunião, o deputado estadual Guilherme Maluf propôs a realização de rondas nos locais frequentados por turistas. Para isso, afirmou que apresentará uma emenda parlamentar para conseguir veículos com esta finalidade.

Além disso, também foi apontada a inclusão do Poder Judiciário nas discussões, por conta dos resultados das audiências de custódia. “Muitas vezes, a polícia faz seu trabalho e prende os envolvidos, mas a Justiça solta após essas audiências, então precisamos que o assunto seja ampliado e conte com a participação dos juízes”, sugeriu outro representante da Comissão, Antônio Carlos Jaudy, presidente do Conselho de Segurança da base da Universidade Federal de Mato Grosso.

Dados

Em relação a 2016, Chapada dos Guimarães apresentou aumento de 5% no número de furtos (sem estabelecer contato com a vítima) e de 37% nos casos de roubos (quando há contato, violência ou ameaça à vítima) no ano passsado, de 484 para 506, e de 46 para 63 casos, respectivamente. Os dados são da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEAC) da Sesp-MT, que apontou também a inexistência de caso de homicídio doloso na cidade em 2017.


Copyright © 2017  Notícias de Hoje -  Telefone: (65) 3358-5258 - Todos os direitos reservados.