Cidades

09/04/2018 09:17

Emanuel Pinheiro recebe os 299 anos de Cuiabá em simbólica celebração religiosa

A manhã deste domingo (08) inaugurou a chegada do marco histórico dos 299 anos de Cuiabá. E entre os reflexos dos vitrais da suntuosa Catedral, o prefeito Emanuel Pinheiro recebeu a aguardada data, em uma bela e simbólica cerimônia religiosa, cercado por fiéis da Igreja Católica, que acolheram a ministração espiritual presidida por Dom Milton Santos. A missa também contou com a presença do governador Pedro Taques e foi embalada pelos corais municipal e estadual.

Uma terra consolidada em suas tradições religiosas, Cuiabá possui uma ligação particular com os simbolismos da fé cristã. Refletindo sobre o papel da religiosidade na consolidação da Capital mato-grossense, o chefe do Executivo compartilhou o sentimento de alegria e consagração na quente manhã de aniversário da cidade.

“Nossa terra é enraizada na sua fé inabalável e nossa história como uma cidade nascida da mineração está diretamente vinculada à figuras tão emblemáticas para a nossa cultura, como São Benedito. Com uma religiosidade que permeia nossas festividades, somos uma Capital que emana valores ímpares e celebrá-los é enaltecê-los nestes 299 anos que hoje completamos. Essa fé que construiu o nosso passado, faz parte do nosso presente e nos acompanhará pelo futuro. E me alegro por dar as boas vindas aos tempos promissores de nossa amada Cuiabá, rendendo graças ao Autor da vida, em meio ao povo cuiabano, que é parte fundamental nessa longa e fascinante jornada”, afirmou Pinheiro.

Ao longo da solenidade religiosa, a trajetória de Cuiabá foi relembrada pelo arcebispo da arquidiocese da Capital, que convidou todos os presentes a revisitarem alguns dos momentos mais memoráveis destes 299 anos. Fortalecendo a importância de uma vida de fé, ele ministrou sobre alguns dos valores mais fundamentais, como o perdão. “Neste dia tão festivo, precisamos voltar os nossos olhos para o que Deus nos ensinou. Este gesto de redenção seria o suficiente para mudar não apenas as nossas vidas, mas o mundo que nos rodeia. Que possamos ter essa atitude de misericórdia para com aqueles que nos ferem”, disse Dom Milton Santos.

Para o secretário municipal de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, a comemoração religiosa possui um papel edificante, à medida que revigora aquelas tradições socioculturais que formam os pilares da construção humana do povo cuiabano. O gestor ainda pontuou a importância de fazer da religiosidade parte integrante dos festejos do marco histórico.

“Cuiabá está associada ao seu fervor religioso e queremos que as festividades sejam marcadas por esse elemento, que é um dos mais cruciais da nossa formação social. E nesta manhã, em uma atmosfera sublime e serena, recepcionamos os nossos 299 anos de muita história e conquista, conforme também anunciamos um novo tempo para nossa terra, uma nova época transformadora e revolucionária. Nesta promissora era, cultura, infraestrutura e a exímia prestação dos serviços públicos se unem, em prol de uma capital que se desenvolva e cresça sem precedentes”, concluiu.


Copyright © 2017  Notícias de Hoje -  Telefone: (65) 3358-5258 - Todos os direitos reservados.