Cidades

08/01/2019 10:21 Noticias de Hoje OlharDireto

Sobrevivente de atropelamento na Valley se recupera após cirurgia complexa e fará novo procedimento

A estudante de direito Hya Girotto, única sobrevivente do atropelamento em frente à boate Valley no dia 23 de dezembro, na avenida Isaac Póvoas, em Cuiabá, se recupera bem após uma complexa intervenção cirúrgica pela qual teve de passar na última segunda-feira (07). Agora, ela aguarda para fazer um novo procedimento, ainda nesta semana. A jovem continua internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral Universitário (HGU).

Conforme informações de familiares, Hya passou por uma cirurgia complexa no ombro direito. A estudante ainda continua sob cuidados na Unidade de Terapia Intensiva da unidade hospitalar e deverá passar por um novo procedimento, desta vez no braço esquerdo, ainda esta semana.
 
Os familiares e amigos também aproveitaram para agradecer as orações e mensagens de apoio a jovem estudante, que foi a única sobrevivente do atropelamento ocorrido em frente à Valley Pub, em Cuiabá.
 
O irmão da universitária, Leandro Girotto, disse que ela já está se alimentando bem e sem a sonda. Hya também já conseguiu dar alguns passos com ajuda de uma fisioterapeuta. Depois que acordou do coma, a estudante não se lembrou do acidente, mas foi informada pela família. No entanto, ainda não sabe da morte dos amigos, Myllena de Lacerda Inocêncio, de 22 anos e Ramon Alcides Viveiros.
 
Entenda o caso
 
Rafaela Screnci da Costa Ribeiro, 33, atropelou três pessoas às 5h50 da manhã do último dia 23, na Avenida Isaac Póvoas, a poucos metros da faixa de pedestre, em frente à Valley Pub. Ela passou por audiência de custódia na última segunda-feira (24), pagou R$ 9,5 mil de fiança e foi liberada.
 
Professora substituta da Universidade Federal de Mato Grosso, Rafaela dirigia uma caminhonete Renault Oroch. O atropelamento aconteceu no momento em que o público deixava a casa noturna. De acordo com testemunhas do acidente, o veículo estava em alta velocidade quando colidiu com o trio. Além de bater nas três vítimas, o carro conduzido por Rafaela ainda se chocou com um Gol.
 
O carro só foi parar após o semáforo. Imagens registradas por testemunhas e pela Polícia Civil revelam o estado em que ficou o carro após a colisão. A estudante Myllena de Lacerda Inocencio, de 22 anos morreu no local, Ramon Alcides Viveiros foi resgatado com vida, mas não resistiu e faleceu cinco dias depois.

Copyright © 2017  Notícias de Hoje -  Telefone: (65) 3358-5258 - Todos os direitos reservados.