17 de janeiro de 2018 - 18:33

Cidades

04/01/2018 14:01

Causa de acidente pode ter sido ultrapassagem forçada de motorista da Rota Oeste

A pessoa que morreu no acidente envolvendo três veículos nas proximidades de Jaciara, nas Brs 364 e 163, na tarde de quarta-feira (3) chamava-se Cesar Júnior de Almeida, 37. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) aponta que a causa presumida para o acidente é a ultrapassagem forçada pelo motorista que conduzia a caminhonete Toyota Hilux, de propriedade da Concessionária Rota do Oeste, empresa responsável pela rodovia.

“Temos os nossos levantamentos, mas é a causa presumida, que pesa o que a PRF entendeu o que ocorreu. Porém, por questão de formalidade, um laudo técnico vai comprovar a causa do acidente. Nós presumimos que o acidente aconteceu após a manobra indevida do veículo Hilux (da Rota do Oeste)”, afirmou o superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso, Aristóteles Cadidé.

O acidente

Um veículo gol, uma carreta e uma caminhonete Hilux da concessionária Rota do Oeste se envolveram no acidente no Km 267.

A caminhonete da Rota do Oeste teria tentado uma ultrapassagem e bateu de frente no gol, onde estavam três pessoas que ficaram presas entre as ferragens. Elas foram socorridas por uma equipe de resgate da Rota do Oeste, porém, Cézar Júnior não resistiu aos ferimentos e morreu.

Após a batida de frente, a caminhonete ainda foi atingida na traseira por uma carreta que vinha logo atrás. Com o impacto da batida, o Gol ficou completamente destruído. Os motoristas da caminhonete e da carreta tiveram apenas ferimentos leves.

Outro lado

Por meio de nota, a Rota do Oeste informou que aguarda o resultado do laudo da perícia técnica sobre o acidente. Também afirmou que as causas do acidente são apuradas internamente.

Leia nota na íntegra

“A Rota do Oeste aguarda o resultado oficial da perícia técnica, que apontará as causas do acidente envolvendo um veículo da Concessionária. Destaca ainda, que internamente as causas também são apuradas e aguarda alta médica do integrante para ouvir a sua versão. 

Mesmo não apresentando nenhum ferimento no local do acidente, o integrante foi encaminhado pela Rota do Oeste até uma unidade de saúde, onde foi identificada a necessidade de uma intervenção cirúrgica. Ele passou por cirurgia e segue internado. 

A Concessionária esclarece ainda que todos os integrantes passam por constantes treinamentos e cursos de capacitação, sempre com foco na segurança pessoal e viária. Em média, por ano, cada integrante passa por 85 horas de qualificação com temas voltados à área em que atua. 

Por fim, a Rota do Oeste lamenta o ocorrido e se coloca à disposição para todos os esclarecimentos cabíveis.”


Copyright 2016 -  Todos os direitos reservados

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo