22 de janeiro de 2018 - 11:14

Cultura

10/12/2017 07:23

Prefeitura apoia a terceira edição do "Arte e Cultura na Mandioca"

A prefeitura de Cuiabá apoia e incentiva ações realizadas por artistas e personalidades da nossa cuiabania. como a terceira edição do Arte e Cultura na Mandioca, que acontece dia 16 de dezembro, na Rua 12 de Outubro esquina com a Rua Pedro Celestino, das 16h às 22h. A ação, que se firma no calendário cultural da Capital desde 2015, é realizada pela Casa Silva Freire com apoio da Bendito Mercado. Esta edição faz parte do cronograma de atividades do Ponto de Cultura Casa Silva Freire que implementa o Programa Cultura Viva, da Secretaria da Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (MinC).

Neste ano, recebe ainda apoio cultural e firma parcerias com a Prefeitura Municipal de Cuiabá, através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (SMCET) e Secretaria Municipal de Educação (SME) via Escola Municipal de Educação Básica Silva Freire, a Universidade Federal de Mato Grosso, representada pelos Grupos de Pesquisa em Psicologia da Infância (GPPIN/Instituto de Educação) e em Estudos de Cultura Contemporânea (ECCO/Faculdade de Comunicação e Arte), além do estúdio musical Demoexmachina e do escritório de arquitetura Arqproject.

“A cultura e suas manifestações estão presentes e se tornando cada vez mais fortes, na gestão Emanuel Pinheiro. Ter a oportunidade de  prestigiar, valorizar e enaltecer uma pessoa brilhante como o poeta,  jornalista e grande amigo Silva Freire e toda sua família é um grande orgulho para nós. E para mim é uma felicidade fazer parte de mais uma edição deste evento”, destaca Francisco Vuolo, Secretário de Cultura, Esporte e Turismo.

A diretora da Casa de Cultura Silva Freire, Larissa Freire, explica que o objetivo é colaborar com a ocupação criativa e valorização do Centro Histórico, observando a interação entre arte, cultura e educação e a diversidade cultural como expressão simbólica e atividade econômica. O grupo que idealizou esta edição tentou compor uma programação diversificada para que o público de todas as idades possa experimentar e ter acesso às linguagens artísticas autorais e produção literária e cultural produzidas em Cuiabá. E alternativas de inspiração não faltam! Estão previstas, na programação, as Feiras: Literária, de Artesanato e Moda, Gastronômica, Sustentável e também Artes na Rua, Projeções de Audiovisual, Oficinas e Conversas, apresentações dos resultados das oficinas “Ideias Pipocas – arte e literatura” realizadas na Emeb Silva Freire, Teatro Lambe-lambe, Espetáculo “A AVE”, Performances, apresentação da banda ‘O Mormaço Severino”, de Cáceres, e ainda, Música Latina.

Feiras

Para a Feira Literária, Larissa explica que a proposta é colaborar com a cadeia produtiva do livro por meio do estímulo à formação de leitores e da comercialização e troca de livros novos e usados com destaque para a literatura brasileira produzida em Mato Grosso. Nesse contexto, será apresentado o trabalho pedagógico da Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Silva Freire, que privilegia a narrativa infantil no processo de alfabetização de crianças, iniciativa contemplada com o Prêmio Destaque Professores Brasil 2017, do Ministério da Educação, na categoria ensino fundamental anos iniciais - ciclo de alfabetização (1º, 2º e 3º anos) com o projeto “Autorias Infantis na Produção de Texto” apresentado pela professora Mariângela da Silva. Estarão presentes na Feira Literária: Carlini & Caniato Editorial/Tanta Tinta, Entrelinhas Editora, Cathedral Publicações, Fusca Sebo, Sebo da Juju e Bazar do Livro Matriz. O período dessa feira será das 16h às 22h.

Já a Feira de Artesanato e Moda, conforme explica a artista, Adriana Milano, da Bendito Mercado, pretende fomentar a economia criativa e colaborativa ao valorizar marcas autorais gerando oportunidades comerciais para designers e artesãos locais. Nessa feira, que acontece das 16h às 22h, serão comercializadas peças e produções de Ana Marimon (acessórios em couro), Bazar de Fotografias Studio Rai Reis (fotografias), Bendito Santo Ateliê (relicários e utilitários), Deborah Corte (pratos de porcelana pintados à mão), Gasperin (moda), Gilmar Chavier (acessórios e objetos para decoração), Incomum (acessórios, crafts e decoração afetiva), Insight Coletivo (decoração e interiores), Ivani Brito (acessórios e moda), Soraia Mourão (brechó), Studio F2 (moda), Valéria Carvalho Atelier (bolsas e utilitários em tecido e courino).

“Artes na Rua”

O “Artes na Rua” sai do espaço fechado de um atelier para a liberdade da rua! Nessa ação o público será convidado à fruição e à interação com artistas e seus trabalhos em pintura, xilogravura, grafite, nanquim, lambe-lambe, performances, instalações e intervenções. Além de abrir espaço para divulgação e novas formas de comercialização de arte. Foram convidados os artistas: Adriano Figueiredo, Reis, Ruth Albernaz, Imara Quadros, Wers Gravaluz e Zeilton Mattos.

Conversas e bate-papos

Às 18h a Roda de Conversa “Arte e Censura” abre espaço para falar de um tema que tem despertado reações no campo da arte. Num gesto de "ousadia do pensamento" porque o momento atual exige a roda de conversa com o  objetivo de pensar a arte como processo de criação e resistência contra tudo que sufoca a vida. Para disparar essa conversa foram convidados Wuldson Marcelo, Juliana Segóvia, Neriely Dantas, Mariana Amaral Queiroz e Eliete Borges. A mediação será feita por Maurilia Valderez Lucas do Amaral. Graduada em Filosofia, Mestre em Educação (UFMT) e pesquisadora sobre questões relacionadas ao presente e ao contemporâneo com foco na articulação entre ética, politica e estética.

Na tela

Na programação audiovisual estão previstas as projeções dos filmes, “O Poder da Palavra”, de João Manteufel; Videodoc sobre o Arquivo Público que divulgará o trabalho feito pela instituição que guarda a memória de Mato Grosso e o trabalho que vem sendo realizado com parte do acervo particular de Silva Freire; os videoart e videodoc resultados das oficinas "O olhar audiovisual na poesia de Silva Freire", ministradas pela cineasta Juliana Segóvia e “Criação Musical – Desvendando sons na poesia de Silva Freire”, ministrada pelos artistas Estela Ceregatti e John Stuart na EMEB Silva Freire pelo projeto Ponto de Cultura Casa Silva Freire, além de projeções de imagens das pesquisas do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea - ECCO/UFMT.

Para degustar

Para inspirar todos os sentidos o evento também trará uma Feira Gastronômica com as delícias de Matteo Gelato Criativo; Rosa Pavão Comidas Típicas; Opa Cookeria & Katesserie Tortas Finas; Cervejaria Louvada; Suco Laranja Tropical; Roger’s Fresh Food; Bulldog Comida de Rua e Pão, Carne e Queijo, Pão.

 

Quem aprecia o consumo consciente pode conhecer os produtos que serão oferecidos na Feira Sustentável  com expositores representantes da agroecologia que buscam propor alternativas de consumo mais sustentável e comprometida socialmente. Estarão por lá oferecendo seus produtos os integrantes da Cooperativa Agropecuária Mista de Santo Antônio do Leverger (Coopamsal).

 

Para imaginar, realizar, debater!

E o Arte e Cultura nesta edição também quer fazer com que crianças e adultos semeiem e floresçam suas ideias. E isso se dará através das oficinas oferecidas. A primeira será “Meu amigo Monstrinho” da 3Jeitos Produção Criativa, às 16h. Durante duas horas as crianças entrarão numa jornada lúdica e criativa que tem como pontapé inicial a contação de histórias para provocar o imaginário estimulando a criação de seus monstrinhos que serão confeccionados por cada uma delas com feltro, lã e cola. A atividade acontece no espaço Casa Silva Freire. O público alvo são crianças de 5 a 10 anos de idade e as inscrições serão feitas anteriormente. As oficineiras são: Cacau Borges, Fernanda Solon e Juliana Vasconcelos.

No mesmo horário (16h) acontecerá no Studio Rai Reis, a oficina “Metamorfoses no Cerrado”, com Verone Cristina Silva. Esta oficina tem como objetivo introduzir os participantes na cosmologia afroindígena por meio de seus relatos de metamorfose. O público alvo é qualquer pessoa interessada pelo tema e com idade acima de 18 anos.

 

Confira o restante da programação

17h – Leituras Poéticas por crianças da Emeb Silva Freire

17h30 – Teatro Lambe-Lambe: Agustino Peixe Grande - Raquel Mutz

18h – Teatro Lambe-Lambe: O Canto da Sereia - Millena Machado

19h – “Um passarinhar de leituras”: Conversas com escritor@s em Mato Grosso

20h15 - Espetáculo “A AVE” – Diamond Dance Crew

20h – Performance “Cardápio Literário - Luiz Renato

20h45 - Performance “Maria da Vila Matilde”-  Solta Cia de Teatro

21h - Banda “O Mormaço Severino” - Cáceres

22h – Música Latina 2017: Colômbia

 


Copyright 2016 -  Todos os direitos reservados

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo