22 de janeiro de 2018 - 11:08

Economia

05/09/2017 16:26

Petrobras eleva preço e botijão de gás poderá custar até R$117 em Mato Grosso

Mato Grosso é o estado com maior preço na etiqueta dos botijões de gás, conforme a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A partir desta quarta-feira (6), porém, o custo ainda irá aumentar em 12,2%, podendo o custo chegar a R$117, conforme divulgado pela Petrobras.

O aumento no preço do botijão de até 13 quilos foi anunciado nesta terça-feira (5), no Rio de Janeiro, um dia após o anúncio de aumento no preço da gasolina. A empresa justificou que o estoque do gás está baixo e que eventos extraordinários, como a tempestade Harvey, que abalou os Estados Unidos, têm impactos diretos no valor do produto, considerando que a área atingida pelo fenômeno, em Houston, no Texas, é a maior região exportadora de gás liquefeito de petróleo de todo o planeta.

No mês passado, a ANP cotou o gás em Mato Grosso com preços variantes entre R$70 e R$105, sendo o mais caro de todo o país. Com a porcentagem anunciada, o valor do gás de cozinha poderá chegar a R$117, caso o aumento seja repassado de forma integral. A Petrobras, no entanto, estima que seja repassado para os consumidores porcentagem menor do que a anunciada.

Conforme o Grupo Executivo de Mercado e Preços (Gemp) da Petrobras, responsável pela decisão, não foi repassado toda a variação sofrida no mercado externo. Uma nova avaliação deverá ser feita pelo grupo no fim de setembro.


Copyright 2016 -  Todos os direitos reservados

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo