17 de janeiro de 2018 - 18:40

Economia

10/10/2017 09:45

Lázaro Brandão deixa Conselho de Administração do Bradesco

O executivo Lázaro de Mello Brandão entregou carta de renúncia e deixou o Conselho de Administração do Bradesco nesta terça-feira, 10 de outubro. Ele será substituído por Luiz Carlos Trabuco Cappi, que comanda a instituição financeira e tinha, até então, o cargo de vice-presidente do colegiado.

Apesar de deixar o Conselho, Brandão permanecerá à frente das holdings do grupo Bradesco, como a Cidade de Deus Participações, empresa de capital fechado que controla o Bradesco.

 

Trabuco, por sua vez, manterá a presidência executiva e do Conselho até a próxima assembléia geral do banco, marcada para março de 2018.

Brandão, com 91 anos, trabalhou por 75 anos de forma ininterrupta no Bradesco e foi o sucessor de Amador Aguiar, o fundador do Bradesco. Começou a trabalhar em uma agência em Marília e foi um dos primeiros funcionários do banco.

 

Em 1981, ele assumiu a presidência executiva do Bradesco. Em 1990, assumiu também o Conselho de Administração. Só em 1999, ele deixou a presidência executiva para Márcio Cypriano, antecessor de Trabuco.

 

Brandão era homem de confiança e admirador de Amador Aguiar. Reza a lenda que, logo após começar a trabalhar, teria dito a então noiva, depois esposa, Albertina, “um dia ainda serei presidente do banco”.


Copyright 2016 -  Todos os direitos reservados

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo