17 de janeiro de 2018 - 19:10

Educação

19/07/2017 11:12 HiperNoticias

Primeiras pós-graduandas quilombolas de MT defendem dissertação na UFMT

As estudantes Benedita Rosa da Costa e Maria Helena Tavares Dias, do Programa de Pós-graduação em Educação (PPGE), da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus de Cuiabá, são as duas primeiras pós-graduandas quilombolas do Estado de Mato Grosso a defenderem dissertação de mestrado. As discentes, que são pesquisadoras do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Relações Raciais e Educação (Nepre), abordaram a temática em seus trabalhos e foram orientadas pela professora Candida Soares da Costa, coordenadora do Núcleo.

Intitulado “Comunidade Quilombola Tanque do Padre, Poconé-MT: Memórias, Narrativas e Vivências”, o trabalho de Benedita Rosa da Costa, defendido nesta segunda-feira (17), tem como objetivo analisar o deslocamento feito pela comunidade Tanque do Padre durante a história, utilizando como base de dados relatos orais de seus membros.


Já o trabalho de Maria Helena Dias, intitulado “Entre Memórias e Narrativas dos Festeiros das Festas de Santo do Território Quilombola Vão Grande”, será defendido nesta terça-feira (18), a partir das 14h, na sala 68 do Instituto de Educação (IE).

A pesquisa realizada, de caráter qualitativo, teve como objetivo analisar como se constituem estas festas de santo realizadas na comunidade e de que forma tais repercutem como preservação da memória e tradições culturais desta comunidade. 


As mestrandas fazem parte de um grupo restrito de quilombolas no cenário nacional que atuaram em importantes lutas de garantias por direito, incluindo a aprovação do Programa de Inclusão Quilombola (Proinq), a fim de reverter o quadro de exclusão dessa parcela social. 


Resumo de “Comunidade Quilombola Tanque do Padre, Poconé-MT: Memórias, Narrativas e Vivências”
Esta pesquisa tem por objeto de investigação o processo formativo da comunidade quilombola Tanque do Padre em Poconé-MT. Tem por objetivo central analisar, por intermédio da narrativa de seus moradores, desde o deslocamento vivenciado pelos seus fundadores da região que atualmente forma o complexo Quilombola Mata Cavalo no município de Nossa Senhora do Livramento-MT, até a atualidade em que a comunidade se constitui no município de Poconé-MT. A pesquisa é de abordagem qualitativa e o método usado foi a história oral.

A pesquisa foi realizada em duas fases: a primeira fase foi a exploratória, realizada nas 27 comunidades quilombolas de Poconé-MT, com a finalidade de entender melhor o contexto em que a comunidade Tanque do Padre se situa; a segunda, teve sua realização no quilombo Tanque do Padre onde se explorou o objeto da pesquisa. Nas duas fases, a coleta de dados foi realizada por intermédio de entrevistas gravadas, registros em caderno de campo e fotográficos, análises documentais.

Para dar base teórica às análises, foram realizadas buscas de livros em biblioteca; de teses, artigos e textos na internet. Portanto os teóricos que usei nas análise foram Muller, Santos e Moreira (2016), Gomes (2006), Dos Santos (2016), Costa (2007), Gomes (2015), Dubar (2009), Santos (2007), Cuche (1999), Bandeira (1990), Halbwachs (2006), Costa (2013), Eickhoff (2011), Elias (1994). Assim, o resultado mostra, entre outros aspectos, que a conquista da terra, assim como o acesso às políticas públicas para ter qualidade de vida continuam sendo os grandes desafios para os quilombolas em Mato Grosso.


Resumo de “Entre Memórias e Narrativas dos Festeiros das Festas de Santo do Território Quilombola Vão Grande”
Esta pesquisa tem como objeto as dimensões educativas presentes nas festas de santo. A pesquisa foi realizada no Território Quilombola Vão Grande na Comunidade quilombola Morro Redondo no município de Barra do Bugres/MT, tendo como ponto central, a Festa realizada em honra a Nossa Senhora Aparecida.

O estudo foi realizado a partir de uma abordagem metodológica qualitativa, e para a coleta de dados, empregamos as entrevistas, o caderno de campo e a observação. Desse modo, buscamos analisar de quais maneiras essas dimensões se configuram no processo organizativo dessas festas e se repercutem na preservação da memória e das tradições culturais dessas comunidades para as novas gerações.


Copyright 2016 -  Todos os direitos reservados

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo