22 de janeiro de 2018 - 11:31

Educação

24/09/2017 08:31

“Aulão do Enem” atrai alunos para a Caravana da Transformação

Mais de 600 estudantes da região de Juína (744 km de Cuiabá) participaram da 3º edição do “Aulão do Enem”, promovido pela Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) durante a 9º edição da Caravana da Transformação.

As aulas aconteceram na quinta (21) e na sexta-feira (22) e foram ministradas pelo professor Sérgio Cinta, que há anos atua na preparação de estudantes para a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em especial na parte de Linguagens e Redação. Atualmente, o Enem é o principal acesso para o ensino público superior no país.

O governador Pedro Taques esteve no espaço especial, montado dentro da área da Caravana, e acompanhou os alunos no aulão. “É um trabalho que está sendo bem feito, é um sucesso e com certeza teremos bons resultados. Temos inclusive alunos de escolas indígenas. Muito obrigado por estarem participando”, afirmou aos alunos.

Taques estava acompanhado pelo secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon, que destacou os trabalhos realizados dentro do Pró-Enem, desenvolvido dentro do eixo Inovação do programa Pró-Escolas.

“Estamos desenvolvendo várias atividades para proporcionar estudos complementares aos alunos. Temos o Geekie Games e o QG do Enem também. Mas não é só no ensino que estamos focados: na qualidade das estruturas também. Hoje, todas as escolas de Juína estão sendo contempladas com mobiliário. São conjuntos escolares, kits de refeitório, computadores e outros, de acordo com a demanda”, ressaltou.

Entre os alunos estava Carlos Eduardo Ferreira, de 17 anos. Ele é estudante da EE Dr. Artur Maciel e pretende cursar medicina. “Eu quero fazer uma boa prova e essa aula pode nos ajudar a melhorar, pois muda nossa perspectiva. Agora, já vejo a redação com outros olhos, saio daqui mais esperto, com a mente mais aberta”, garantiu.

Os alunos da comunidade indígena de Brasnorte também participaram do aulão. Ao todo, 30 alunos da Escola Estadual Indígena Myhyiny Mykyta Skiripi, entre eles, Michael Rikibaktsa, que pretende cursar medicina, por um motivo, segundo ele, bem especial.

“Minha pretensão é cursar medicina para ajudar o meu povo, em suas aldeias, nas comunidades indígenas, para dar um auxílio para eles. Por isso, estou bem focado nos estudos, prestando bastante atenção para vencer mais esse obstáculo”, disse.

O aulão o ajudou a adquirir mais conhecimento para fazer a redação. “Eu tenho dificuldade, mas a aula ajudou bastante a esclarecer pontos de escrita e ficar atento aos pontos e as vírgulas”, disse ele.

O também indígena Marcos César lembrou que 30 pessoas vieram da aldeia, especialmente para o aulão. “Fiz o Enem em 2014, hoje curso Ciências Sociais na Unemat. Esse aulão serve para ajudar a gente aprender melhor e a desenvolver as habilidades, como lembrou o professor Sérgio”.

Para ele, a principal meta dos estudantes é melhorar a redação. “Muitos acabam se perdendo; então, é importante que eles assistam essa aula, tirem suas dúvidas e passem a ver a redação não como um desafio”, finalizou.

Inovação

O Aulão do Enem é uma ação do Pró-Enem, desenvolvido dentro do eixo Inovação, do Programa Pró-Escolas, com objetivo de proporcionar aos alunos do 3º Ano do Ensino Médio um melhor preparo para a prova. Além do Aulão, o Pró-Enem já disponibilizou o Geekie Games e se prepara para liberar o acesso à plataforma QG do Enem.

O Pró-Escolas é o maior Programa de investimentos da história da Educação de Mato Grosso, com um orçamento de R$ 360 milhões para estrutura escolar até 2018.

A iniciativa abrange o desenvolvimento de ações em estrutura, ensino, inovação e esporte e lazer, com foco na melhoria da aprendizagem, na redução da evasão escolar e na valorização dos profissionais da Educação.


Copyright 2016 -  Todos os direitos reservados

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo