12 de dezembro de 2017 - 13:35

Mundo

19/11/2017 08:30

Chile vai ās urnas para eleger sucessor de Bachelet com ex-presidente Piņera como favorito

Os chilenos vão às urnas neste domingo (19) para escolher o substituto de Michelle Bachelet na presidência, além de renovar o Parlamento e conselhos regionais. O favorito para suceder o segundo mandato de Bachelet é o ex-presidente Sebastián Piñera, líder da aliança de direita Chile Vamos, que aparece em primeiro lugar nas pesquisas eleitorais, inclusive em um possível segundo turno.

Cerca de 14,3 milhões de chilenos estão aptos a votar nestas eleições, em que também estão em jogo cargos para senadores, deputados e conselhos regionais. O voto não é obrigatório no país.

De acordo com a última pesquisa eleitoral do Centro de Estudos Públicos do Chile, Piñera aparece com 44,4% das intenções de voto, seguido pelo senador governista Alejandro Guillier, candidato da coalizão governamental Nueva Mayoría, com 19,7% das preferências.

Apesar da vantagem, a possibilidade de uma vitória de Piñera no primeiro turno é pequena, já que os votos estão fragmentados com oito candidatos na disputa. Além disso, a grande protagonista de domingo pode ser a elevada taxa de abstenção, como aconteceu nas últimas eleições municipais, com participação de apenas 36% dos eleitores.

Nos últimos anos, casos de financiamento irregular na direita e na esquerda minaram a confiança dos chilenos na política. A situação piorou depois que a nora de Bachelet foi processada por um caso de corrupção.

 

Copyright 2016 -  Todos os direitos reservados

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo