Policia

30/03/2018 18:28

Bandidos disparam contra casa de agente penitenciário de madrugada

Mais um atentado contra agentes penitenciários foi registrado na madrugada desta sexta-feira (30). Testemunhas contaram ao agente do Serviço de Operações Penitenciárias Especiais que dois homens passaram em frente a casa dele, no bairro Carumbé em Cuiabá, e efetuaram alguns disparos de arma de fogo. Não havia ninguém na casa no momento do atentado e apenas a porta foi danificada.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindspen-MT), João Batista, o atentado ocorreu por volta das 1h30 de hoje (30) no bairro Carumbé. O local estava vazio.
“Atiraram na casa de um agente, mas ele não estava em casa, os vizinhos que ligaram para ele falando que tinham passado dois indivíduos lá e deram dois tiros na porta dele e foram embora. Atiraram para chamar a atenção, para assustar”, disse o presidente.

Apenas a porta ficou danificada. O agente mora sozinho no local. João Batista também disse que a recomendação aos agentes é que tomem mais cuidado, mas disse que o Estado têm se mostrado presente para fazer a segurança dos servidores.

“Nós estamos orientando o pessoal a ter um pouco de cautela, e nós temos também os grupos de apoio, formado por servidores, que se houver algum risco contínuo eles vão dar apoio, mas também as Instituições de Segurança Pública têm estado muito presente, a Polícia Militar e a Polícia Civil, quando são acionadas logo aparecem”.
 Uma reunião foi realizada nesta quinta-feira (29), na sede do Sindspen, para serem discutidas as medidas que avaliam importantes para a segurança dos servidores.

“Chamei todos os representantes dos servidores da Segurança Pública, para a gente discutir uma pauta em conjunto para levar ao governador, para dar o mínimo de segurança para os nossos servidores. Mas isso não é uma coisa que você vai garantir 100%”.

Atentados seguidos

Nos últimos dias 22 e 23 outros agentes também foram vítimas de atentados, realizados após ameaças de membros de uma facção criminosa, por causa da morte do traficante Jesuíno Cândido da Cruz Júnior, 28 anos, em um motim na Penitenciária Central do Estado (PCE) no dia 20.

O primeiro caso aconteceu por volta das 21h45 do dia 22, na casa de um agente no bairro Nova Conquista.  Ao chegar ao local os policiais conversaram com o agente penitenciário, proprietário da casa, que disse que estava dentro da residência e ouviu um carro se aproximar e logo em seguida foram efetuados os disparos de arma de fogo. Ele não se feriu.

O segundo atentado foi à sede do Sindspen, na Morada do Ouro, na manhã do dia 23. Por volta das 6h um Chevrolet Prisma passou em frente ao local e o motorista efetuou em torno de 10 disparos. Um vídeo de uma câmera de segurança registrou o momento. Um carro de um funcionário e uma viatura dos agentes foram atingidos. Ninguém ficou ferido.

Um outro caso também foi registrado, já no dia 26. A diretora-adjunta do presídio feminino Ana Maria do Couto May foi vítima de tentativa de sequestro na noite do dia 26, em Cuiabá. Dois homens que utilizavam tornozeleiras eletrônicas a abordaram em um supermercado, mas ela pediu ajuda. Os homens acabaram fugindo, mas foram presos dias depois.

Copyright © 2017  Notícias de Hoje -  Telefone: (65) 3358-5258 - Todos os direitos reservados.