Policia

04/04/2018 15:34 Noticias de Hoje e Gazeta

Procuradora acusa delegada de ameaça

A procuradora da República Samira Engel Domingues, esposa do ex-secretário de Segurança Pública, Rogers Jarbas, registrou um boletim de ocorrência contra a delegada Ana Cristina Feldner, que atuou nas investigações da “grampolândia pantaneira”. O registro foi feito no mesmo dia em que Jarbas teria ameaçado o delegado Flávio Stringueta - que também trabalhou no caso - em um supermercado da Capital.

De acordo a procuradora, o episódio envolvendo a delegada ocorreu dentro do condomínio onde ambas moram. Feldner estaria alterada e tentando incriminá-la, registrando a cena com um celular. Ainda de acordo com Samira, a delegada se aproximou olhando “fixamente em tom intimidador enquanto caminhava”.

Samira relata ainda que, ao perceber, disse: “Deus está vendo”. A iniciativa teria feito a delegada iniciar a gravação. Feldner teria alegado no momento que a procuradora a ameaçou. Samira diz que, em seguida, entrou em seu carro e que foi surpreendida por Feldner, que teria aberto a porta e continuado a filmagem.

“Ela entrou parcialmente em meu carro e começou a gritar comigo dizendo: ‘repita que você disse, que ia acabar comigo, repita’”, diz trecho do boletim de ocorrência. “Tentei desligar o celular dela, mas nao consegui. Tentei de novo e não consegui”, continuou Samira.

Depois do episódio, os seguranças do local separaram as duas. Ana Cristina Feldner teria alegado a eles que teria sido agredida por Samira. Após o caso, a procuradora registrou o boletim de ocorrência.

A reportagem de A Gazeta tentou entrar em contato por diversas vezes com a delegada Ana Cristina Feldner, mas, até o fechamento desta edição, ela não atendeu e nem retornou as ligações.

O episódio ocorreu no mesmo dia em que Jarbas e Stringueta teriam trocado ofensas em um supermercado. O ex-secretário de Segurança Pública alega que foi o delegado quem o ameaçou, enquanto que o delegado sustenta ter sido a vitima. O caso foi remetido ao Tribunal de Justiça, que deve encaminhá-lo ao STJ.


Copyright © 2017  Notícias de Hoje -  Telefone: (65) 3358-5258 - Todos os direitos reservados.