Sa˙de

18/05/2018 10:22

Profissionais da sa˙de apresentam avanšos e os desafios do REDOME em Mato Grosso

No dia 22 de maio a partir das 8 horas, no Auditório Milton Figueiredo da Assembleia Legislativa, será realizado evento sobre os avanços e desafios do REDOME no Estado, com palestras e debates entre profissionais da área da saúde e a sociedade em geral. O evento é promovido pelo MT Hemocentro e conta com a parceria do REDOME, do INCA, da Assembleia Legislativa do Estado e da Secretaria de Estado de Saúde. Os participantes receberão certificado de quatro horas emitido pela Escola de Saúde Pública do Estado.

O REDOME é o registro nacional de doadores de medula óssea criado pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), do qual o Estado de Mato Grosso faz parte com cadastro estadual de doares de medula óssea.

A programação começa às 8 horas com apresentação cultural; em seguida a representante do INCA, a médica Danielli Cristina Muniz de Oliveira, que é coordenadora técnica do Registro Nacional de Doadores Voluntários e de Receptadores de Medula Óssea. A médica vai relatar a história do REDOME e apresentar os novos desafios para o transplante de medula óssea. A palestra seguinte será sobre o REDOME em Mato Grosso e as propostas para este ano, apresentada pela gerente de doação de sangue do MT Hemocentro, Juliana Silva.

De acordo com a diretora do MT Hemocentro, Silvana Salomão os doadores voluntários e os profissionais que contribuíram para o registro e o desenvolvimento dos transplantes no Brasil serão homenageados durante o evento. “A homenagem é uma forma de agradecimento pelo importante papel social de salvar vidas, por meio de gesto de amor doando a medula óssea”, ressaltou Salomão.

O Hemocentro tem um espaço específico para atender aos doadores de medula, na unidade de Captação de Doadores, na Rua 13 de Junho, 1055 - Porto – Cuiabá, que funciona segunda à sexta-feira, das 07h às 17h30, e na unidade de coleta do Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá, na Rua General Vale 182, no Bairro Bandeirantes, que funciona de segunda a sexta feira até às 16 horas.

Em Mato Grosso existem 61.863 doadores cadastrados no REDOME e 127 receptores. No Brasil estão cadastrados 4.559.473 doadores e existem 850 pacientes em busca de doador compatível.

Com mais de 3.700 milhões de doadores cadastrados mundialmente, o REDOME é o terceiro maior banco de doadores de medula óssea do mundo. O REDOME reúne todos os dados dos voluntários à doação para pacientes que não possuem um doador na família. A chance de se identificar um doador compatível, no Brasil, na fase preliminar da busca é de até 88%, e ao final do processo, 64% dos pacientes têm um doador compatível confirmado.

Para ser doador de medula óssea é preciso ter entre 18 anos e 55 anos de idade, porém quanto mais jovem maior o tempo de permanência no banco nacional de doadores. É importante ainda manter a fidelização do doador e a atualização do seu cadastro, em caso de mudança de endereço.

O evento sobre o REDOME está previsto em lei estadual 9.807/12, e é de autoria do deputado estadual Ondanir Bortolini, que institui a Semana Estadual da importância da Conscientização da Doação de Medula Óssea.

PARTICIPE do evento fazendo a inscrições pelo LINK:https://goo.gl/forms/NzDnDgJSiyT3HysA2


Copyright © 2017  Notícias de Hoje -  Telefone: (65) 3358-5258 - Todos os direitos reservados.