Saúde

21/05/2018 10:29

Mais de 400 cidadãos de Sinop serão voluntários na Caravana da Transformação

Nesse domingo (20), 403 cidadãos sinopenses receberam os certificados de voluntários da Defesa Civil em cerimônia realizada na Câmara Municipal de Sinop. Eles agora fazem parte dos mais de oito mil voluntários qualificados desde junho de 2016 para atuar na Caravana da Transformação, compondo uma enorme rede de solidariedade que, segundo a organização do programa, é um dos maiores legados da caravana para a população do Estado.

A Agente Comunitária de Saúde (ACS), Silvia Regina de Oliveira, foi uma das certificadas, junto com outros 40 ACSs de Sinop. Para ela, a Caravana é uma oportunidade única de promover cidadania com o coração. “A gente vê que a Caravana da Transformação vem pra transformar realmente a vida das pessoas. Estamos muito felizes por poder ajudar, porque as pessoas que serão atendidas aqui são os nossos idosos, das famílias que a gente conhece e acompanha no dia a dia”, afirmou.

Para receber os certificados, os voluntários passam por uma capacitação composta por três módulos, que incluem noções de Atendimento Pré-Hospitalar, combate a incêndios e atendimento e cuidados especiais às pessoas com deficiência e idosos cadeirantes. Segundo Silvia, este aprendizado vai contribuir com a sua atuação profissional cotidiana para além da Caravana.

“Nós trabalhamos dentro das casas das pessoas e o que aprendemos aqui pode ajudar a salvar vidas. Eu fiquei apaixonada pelo projeto da Caravana e pelo curso que tivemos. Estou muito animada para começar a trabalhar. É realmente uma forma de fazer o bem sem olhar a quem”, explicou a ACS.

Além dos 403 novos certificados, outros 23 voluntários irão reforçar o time. São pessoas que foram formadas em edições anteriores e continuam na Caravana ajudando a quem precisa. É o caso e Igor Luis Pereira, um dos 15 voluntários de Cuiabá que está em Sinop. O jovem de 22 anos conta que sua motivação para seguir no projeto e receber a gratidão dos pacientes ao serem atendidos.

“Fui criado com uma relação muito próxima com meus avós. Então quando vi um vídeo com depoimentos dos idosos que foram atendidos na Caravana, aquilo me comoveu muito e eu quis ajudar. A experiência em Cuiabá foi muito gratificante. É o tipo de sentimento que só sabe quem participa de um projeto como esse e eu vou continuar participando sempre que eu tiver oportunidade”, completou o jovem. O grupo conta ainda três voluntários de Barra do Garças, dois de Rondonópolis, um de São José dos Quatro Marcos, um de Alta Floresta e um de Juína.

Rede de solidariedade

Para o secretário de Estado do Gabinete de Assuntos Estratégicos (GAE) e coordenador-geral da Caravana da Transformação, José Arlindo de Oliveira, o programa possibilitou a formação de uma verdadeira rede de solidariedade em Mato Grosso. “Vários municípios conseguiram criar efetivamente a sua equipe de Defesa Civil a partir do trabalho da Caravana. Estamos formando uma rede de ajuda ao próximo que fica como nosso legado para todo o Estado, porque a caravana passa, mas o espírito dela fica, que é exatamente ajudar as pessoas”.

O secretário adjunto de Proteção e Defesa Civil de Mato Grosso, coronel Abadio Cunha Júnior, que coordena a formação dos voluntários da Caravana, destacou a receptividade da população de Sinop. “A sociedade abraçou a Caravana e entendeu nosso objetivo. Tivemos apenas duas semanas apra forma esse grupo. A Caravana é um projeto que demonstra que o Estado, o município e a sociedade juntos podem fazer uma grande mudança na vida das pessoas”.

14ª edição

A Caravana da Transformação de Sinop começa na próxima segunda-feira, dia 21 de maio e segue até o dia 02 de junho. As consultas e exames diagnósticos serão realizados entre os dias 21 e 27 de maio. As cirurgias terão início no dia 23 de maio e seguem até o último dia da Caravana. Já os serviços de cidadania ocorrem entre 24 e 26 de maio.

Nesta edição, serão beneficiados moradores de Sinop, Sorriso, Cláudia, Feliz Natal, Santa Carmem, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Lucas do Rio Verde, Nova Maringá, Nova Mutum, Nova Ubiratã, São José do Rio Claro, Santa Rita do Trivelato, Tapurah, Vera, Diamantino, Tabaporã e União do Sul. Além disso, serão atendidos pacientes encaminhados pelas prefeituras de Nova Santa Helena, Terra Nova do Norte, Colíder, Guarantã do Norte, Marcelândia, Novo Mundo, Peixoto de Azevedo e Apiacás.


Copyright © 2017  Notícias de Hoje -  Telefone: (65) 3358-5258 - Todos os direitos reservados.