Saúde

20/06/2018 17:25

Bebê que foi enterrada viva, aos 15 dias se encontra com saúde estável.

A Bebê indígena que foi enterrada viva, porém resgatada por policiais, esta reagindo bem aos tratamentos das funções renais, depois de realizar a cirurgia feita há 11 dias. Ela pertence a etnia Kamayurá, nasceu no ultimo dia 5 e logo foi enterrada pela bisavó que achou que a criança estivesse morta, ocorrido em Canarana há 838 km de Cuiabá. Com quadro grave de saúde, ela foi transferida para Cuiabá na quarta-feira (6) e internada na Santa Casa de Misericórdia.

Segundo o boletim médico emitido na manha de hoje (20), a bebê ainda esta com o quadro de saúde debilitada, mas estável.“Houve melhora considerável da insuficiência renal aguda já com programação para a retirada do cateter da diálise peritoneal” relata o boletim. A Santa Casa informou ainda que a criança esta reagindo bem com o tratamento recebido e está em processo de retirada da sedação e do respirador mecânico.

No ultimo dia 7 a bebê passou por uma cirurgia devido a hemorragia digestiva e ao mau funcionamento das funções renais, a mesma passou por 7 horas enterrada viva, devido ao trauma, apresentou infecção generalizada, distúrbio de coagulação e também uma hemorragia digestiva.


Copyright © 2017  Notícias de Hoje -  Telefone: (65) 3358-5258 - Todos os direitos reservados.