20 de janeiro de 2018 - 00:25

Saúde

12/01/2018 18:05

Hospital Regional de Sinop nega atendimento e criança morre na UPA

De acordo com os médicos, o pedido foi negado por telefone

Uma menina de apenas 3 anos morreu na manhã desta sexta-feira (12), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), após ser internada há dois dias com crise convulsiva e 39º graus de febre. De acordo com a Prefeitura de Sinop, com a piora do quadro clínico, houve solicitação de transferência para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Regional, no entanto, o pedido foi negado por telefone.

Ainda de acordo com a prefeitura, após dar entrada na UPA, a criança sofreu infecção com pneumonia e crises convulsivas em intervalos mais curtos. A solicitação de transferência ao hospital aconteceu na manhã de ontem (10). Hoje, por volta das 11 horas, a menina não resistiu.

O GC Notícias tentou entrar em contato com o Instituto Gerir, que administra o hospital, entretanto, até o fechamento desta reportagem, as ligações não foram retornadas.

O velório da criança está previsto para começar às 17 horas na capela do Cemitério Municipal daquela cidade. 

NOTA DA SECRETÁRIA ESTADUAL DE SAÚDE- SES 

PACIENTE LAURA BEATRIZ AROUCHE DIASNOTA

Com relação à paciente Laura Beatriz Arouche Dias, o Estado tomou todas as providências cabíveis, inclusive colocando nesta sexta-feira um transporte aéreo para a transferência. 
Laura deu entrada na UPA em Sinop com um quadro de crise convulsiva “tônico clônica”. Na quinta-feira às 12h53 foi solicitado via regulação à transferência de Laura para tratamento de doença respiratória com pedido de UTI. Na manhã desta sexta-feira, à informação disponível na regulação é que houve “piora do quadro geral” de Laura. 
Das 9h em diante por diversas vezes o médico regulador tentou entrar em contato com a assistência da menina para atualizar seu quadro clínico e verificar se havia condições de ela ser transportada pela UTI aérea. Em nenhum momento das tentativas houve uma resposta. E a Regulação Estadual continua até agora sem nenhuma informação, ou seja, não foi comunicada que houve o óbito da paciente.

 


Copyright 2016 -  Todos os direitos reservados

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo